30 de Março de 2015 / Moda Música Outros

Nos dias 28 e 29 de março aconteceu o tão esperado festival de música, Lollapalooza! E pra quem não conseguiu ir (tipo eu hahah) ficou babando nas fotos e vídeos que todo mundo postava. Fiz uma seleção dos melhores looks que vi pelo instagram e alguns vídeos dos shows, pra quem não foi curtir pelo menos um pouquinho do festival (e que foi, matar a saudade haha). Vamos lá?

edithgomes

Os looks da @edithgomes, @bocarosablog, @bbsnm e @baackto505

Aqui o show completo do Skrillex, pra quem curte música eletrônica!

isascherer

Os looks da @isascherer, @fashioncoolture com @chatadegalocha no primeiro dia, da @edithgomes e @fashioncoolture no segundo dia!

Show da banda britânica Rudimental, que trouxe mais música eletrônica pro festival.

lauravicente1

Looks que a @lauravicente e @jadeseba usaram nos dois dias

Show completo da banda Bastille!

niinasecrets

Looks da @niinasecrets, @manugavassi com @nahcardoso, e os que a @melanylolee usou nos dois dias!


Dois vídeos do show do Calvin Harris porque foi sensacional e merecia até mais!

paulabzo1

Os looks dos dois dias da @paulabzo, da @parmeramari e da @ninafontenelle


Duas músicas do show do Foster The People, que eu queria muito ter assistido de pertinho!

ricademarre1

Look da @ricademarre no primeiro dia e no segundo com a @giovannaferrarezi e @fashioncoolture, e os dois da @prestesfe

Sofri TANTO porque perdi o show do Alt-J, vocês nem imaginam! Aqui uma das minhas favoritas <3

 

melanylolee2

Os acessórios usados pela @melanylolee e @prettamesmo (duas amigas queridas) ganharam meu coração! Amei os da @jadeseba e @brumarquezine. Mas o que mais me encantou foi o da @carollvalladao, quero pra mim!



Duas músicas do Pharrel, a primeira, minha queridinha, porque tem valor sentimental hahah e a segunda só pra mostrar que o show dele foi super legal, com direito à fãs no palco e dançarinas incríveis!

Bem gente, é isso! Foi no Lolla e usou um look legal? Mostra pra gente!


Gostou do post? Compartilhe com suas amigas e ajude a espalhar o EA por aí!

INSTAGRAM // TWITTER // FACEBOOK // TUMBLR



25 de Fevereiro de 2015 / Editorial Moda

Oi gente, como vocês estão? Hoje estou aqui pra anunciar uma novidade: O blog vai produzir editorias! Isso mesmo! Eu e a nova integrante da equipe a Vi Kpinis, vamos produzir pelo menos um por mês! Estamos bem animadas com a ideia e esperamos que gostem. A primeira produção foi inspirada no filme “As Patricinhas de Beverly Hills”, em inglês “Clueless”! Dos anos 90, é um dos meus filmes favoritos!

Primeiramente, fiz uma seleção dos looks que aparecem ao longo do filme, pra quem nunca viu entender e pra quem viu há muito tempo, relembrar hahah

large (1) 0712-cher-horowitz-clueless-the-coveteur_fa - Copia

Agora que já entraram no clima, vamos as fotos que tiramos pro editorial! Esse primeiro foi bem simples, sem maiores produções, mas os próximos vamos caprichar bem mais!

IMG_5238 - Copia IMG_5229 - Copia IMG_5222 - Copia IMG_5211 - Copia IMG_5187 IMG_5185 IMG_5173 IMG_5170 IMG_5258 IMG_5250 IMG_5272 IMG_5278 IMG_5299 IMG_5285 IMG_5322 IMG_5321 IMG_5314 IMG_5304

 

Bem gente, é isso! Gostaram? Como eu falei, sem uma produção enorme nem nada, mas gostei do resultado e já estou pensando no próximo! Se tiverem sugestão pros próximos, podem mandar pelos comentários!


Gostou do post? Compartilhe com suas amigas e ajude a espalhar o EA por aí!

INSTAGRAM // TWITTER // FACEBOOK // TUMBLR



12 de Fevereiro de 2015 / Beleza Famosos Moda

As duas premiações aconteceram domingo, só hoje consegui preparar o post, mas tá aqui o nosso “radar fashion” do Grammy e Baftas! Dessa vez não separei melhores de piores… Peguei as fotos apenas dos look, makes e peteados que me chamaram atenção! Vamos lá? Primeiro o Grammy:

Ariana Grande

Ariana tava linda nos dois vestidos, tirando esse pedaço de pano prateado no primeiro que ficou meio “wtf?”, mas que já até me acostumei. Só te peço uma coisa, muda esse penteado por favor!

Chrissy Teigen e Bonnie McKee

Achei o vestido da Chrissy Teigen ok, nada demais, mas não fez feio. Bonnie McKee foi toda de vinho e tenho que deixar aqui registrada minha paixão pela cor, pelo batom escuro e por vestidos com costas abertas!

Ciara e Beyonce

Ciara usou esse vestido que apesar de ter gostado do efeito da saia, não gostei do vestido, podia ter feito uma escolha melhor… Já Bey, estava em um vestido ok, mas mesmo assim maravilhosa!

Gwen Stefani Courteney Cox

A Gwen Stefani fugiu dos vestidos e estava incrível! Já a Monica, ops, Courteney Cox (não tem como evitar, vai ser Monica pra sempre! hahah), estava linda, simples, de perna de fora e com salto um maravilhoso!

Haim e Anna Kendrick

As irmãs da banda Haim estavam elegantes e simples, gostei do look das três! Anna Kendrick fugiu dos vestidos, mas caiu no já clichê terninho preto… Mas tava bonita, então tá valendo haha

Iggy Azalea e Giuliana Rancic

Iggy foi de azul (finalmente mais cor nesse red carpet!), com um vestido que valorizou muito o corpo dela! Giuliana Rancic foi de preto, com fenda e decote V, tá bonita!

Kat Graham e Jessie J

Kat Graham estava maravilhosa! Adorei o vestido que a atriz usou! Jessie J foi com esse preto que eu apaixonei! Entrou na lista dos “Vestidos que eu usaria se fosse a um red carpet” hahah

Katy Perry

Katy só usou branco, não levou grammy de novo, mas não fez feio nos looks

Lady Gaga

Lady Gaga usou dois longos, um com uma super fenda e outro tomara que caia, mas ambos com decote V!

Madonna

Madonna sendo Madonna hahaha

The 57th Annual GRAMMY Awards - Red Carpet

Miley que foi linda, simples e sem aquelas roupas ridículas que ela anda saindo por aí (graças a Deus!) e Katharine McPhee que foi de rosa bebê, sem maiores comentários, e até que gostei do vestido.

Nicki Minaj e Kelly Osbourne

Nicki Minaj estava bonita, gostei do vestido, apesar de na primeira vez que vi, a primeira coisa que lembrei ao ver a parte de baixo da saia, foi daquelas  saias de fantasias havaianas… Kelly Osbourne foi com um longo, sem decote, bem comportadinha…

Nicole Kidman e Kim Kardashian

Nicole Kidman foi bem simples, mas essa mulher pode usar qualquer coisa que fica maravilhosa, né? Kim Kardashian foi com esse vestido(?) que eu particularmente não gosto, mas achei diferente e bem a cara dela!

Olivia Culpo e Cassidy Black

Olivia Culpo, linda, com longo preto simples e Cassidy Black com esse tomara que caia lindo!

Rihanna e Paris Hilton

Rihanna foi com esse vestido gerou mil piadinhas na internet, mas ela tá feliz, então tá valendo hahah Paris Hilton foi com esse prateado com fenda…

Rita Ora e Charli XCX

Rita Ora foi com esse longo prateado cheio de lantejoulas e… podia ter feito escolha melhor! Charli XCX foi com esse look que não ficaria bem em mais ninguém, mas combinou muito com ela.

Taylor Swift e Rocsi Diaz

Taylor tava linda e colorida (obrigada! Chega de pretos por favor, fica o recado pro Oscar)! Rocsi Diaz usou esse branco decotado e muito bonito!

Ariana Grande2 57th GRAMMY Awards - Arrivals

 

As melhores makes da noite foram essas! E aqui o meu especial amor pelo batom da Jessie J!

Iggy Azalea1

O penteado da Iggy, que também foi motivo de piadinhas, que eu não gostei de frente, mas o efeito lateral é lindo! E o cabelo da Katy, que tá incrível assim, corte, ondas e cor!

Agora, o Baftas, que aconteceu poucas horas antes do Grammy! Vamos?

EE British Academy Film Awards Arrivals

Charlotte Riley, estava elegante e Amy Adams, finalmente acertou no vestido!

Claire Foy e Anne Marie Duff

Claire Foy coloridinha e Anne Marie Duff com esse branco romântico. Lindas!

EE British Academy Film Awards 2015 - Red Carpet Arrivals

Estou apaixonada nesse vestido da Edith Bowman! Mais um que eu usaria! Dianna Agron estava linda de vermelho e tomara que caia

EE British Academy Film Awards Arrivals

Uma gracinha o vestido da Felicity Jones e Rosamund Pike foi de preto longo e simples.

Hayley Atwell Gugu Mbatha-Raw

Hayley Atwell, com esse vestido que não achei nada demais e Gugu Mbatha-Raw com esse lilás longo e lindo!

Jenna Coleman e Holliday Grainger

Jenna Coleman com esse vestido que achei muito bonito e Holliday Grainger toda colorida!

Julianne Moore e Hannah Bagshawe

Julianne Moore de vermelhão longo e Hannah Bagshawe com esse maravilhoso que eu também usaria hahah

Laura Haddock

Laura Haddock, seu vestido ganhou meu coração! Não tem como não se sentir uma cinderela usando um vestido desse, né?

Olivia Grant Natalie Dormer

Olivia Grant com esse rosa bebê e Natalie Dormer com luvinhas de renda…

Reese Witherspoon Lea Seydoux

Reese Witherspoon de roxo e Lea Seydoux com esse amarelo incrível!

Romola Garai e Laura-Bailey

Romola Garai, foi chic e maravilhosa, e Laura-Bailey que usou esse, que eu particularmente amei!

Stacy Martin e Keira Knightley

 

Stacy Martin com esse azul super lindo e Keira Knightley com esse preto e branco delicado!

Anne Marie Duff1

Amei muito o penteado da Anne Marie Duff! Bem romântico, combinou muito com o vestido!

Romola Garai

 

As minhas makes favoritas do evento foram essas…

Bem, esse foi o resumão fashion do Grammy e Baftas! Espero que tenham gostado! Comenta aqui o que achou dos looks, makes e penteados!


 

Gostou do post? Compartilhe com suas amigas e ajude a espalhar o EA por aí!

INSTAGRAM // TWITTER // FACEBOOK // TUMBLR

 



15 de Janeiro de 2015 / Beleza Famosos Moda

Tá saindo meio atrazadinho porque estou viajando, mas é claro que não ia deixar vocês sem o resumão fashion do Golden Globes! Dessa vez não vou comentar um por um, porque a internet por aqui é péssima e cai toda hora 🙁 Sem maiores enrolações, vamos aos melhores da noite:

Laura Prepon e Lorde

Laura Prepon e Lorde

Gina Rodriguez e Emma Stone

Gina Rodriguez e Emma Stone

jennifer-lopez e Katie Cassidy

Jennifer Lopez e Katie Cassidy

72nd Annual Golden Globe Awards - Arrivals

Emily Blunt e Rosamund Pike

dakota-johnson e Ellie Kemper

Dakota Johnson e Ellie Kemper

Chrissy Teigen e Kate Beckinsale

Chrissy Teigen e Kate Beckinsale

Anna Kendrick e Greer Grammer

Anna Kendrick e Greer Grammer

allison-williams e Jenna Dewan (2)

Allison Williams e Jenna Dewan

julianne-moore e katherine-heigl

Julianne Moore e Katherine Heigl

Julia Goldani Telles e Amanda Peet

Julia Goldani Telles e Amanda Peet

Alguns comentários que não posso deixar de fazer:

  1. Fiquei felizona da Lorde ter aparecido no red carpet
  2. Greer Grammer tá me surpreendendo, a guria só usa roupa linda
  3. Look da J-lo não me agradou, mas ela soube manter a pose com ele
  4. Esse da Amanda Peet é meio perigoso, mas ficou maravilhoso nela!

Agora que jã vimos o melhor da noite, vamos aos erros, que na verdade não foram tantos, como no PCA hahah

Amal Alamuddin e Giuliana Rancic

Amal Alamuddin e Giuliana Rancic

Keira Knightley e Jemima Kirke

Keira Knightley e Jemima Kirke

Lana Del Rey e Lena Dunham

Lana Del Rey e Lena Dunham

Sem maiores comentários né, as fotos dizem por si hahah Agora, os penteados e makes mais marcantes e legais:

Anna Kendrick, Claire Danes, Felicity Jones e J-lo

Anna Kendrick, Claire Danes, Felicity Jones e J-lo

Chrissy Teigen, Joanne Froggatt, Katie Cassidy, Keira Knightley

Chrissy Teigen, Joanne Froggatt, Katie Cassidy, Keira Knightley

Pra finalizar, os melhores look das festas pós premiação:

bella thorne, Nicola Peltz e Selena Gomez

Bella Thorne, Nicola Peltz e Selena Gomez

2015 InStyle And Warner Bros. 72nd Annual Golden Globe Awards Post-Party - Arrivals

Caitriona Balfe, Chanel Iman e Nina Dobrev

2015 InStyle And Warner Bros. 72nd Annual Golden Globe Awards Post-Party - Arrivals

Danielle Panabaker, Salma Hayek, Lorde e Taylor Swift

Gabrielle Union, Jennifer Aniston e Katie Findlay

Gabrielle Union, Jennifer Aniston e Katie Findlay

Lea Michele, Louise Roe, Rita Ora

Lea Michele, Louise Roe e Rita Ora

2015 InStyle And Warner Bros. 72nd Annual Golden Globe Awards Post-Party - Arrivals

 

Nathalie Emmanuel, Sarah Hyland, Amanda Crew

Meus comentários rápidos sobre eles:

  1. Nina Dobrev maravilhosa!
  2. Amei o look da Chanel Iman
  3. Que vestido é esse, Caitriona Balfe?
  4. Nicola Peltz tá divina!

 

Bem, esse foi o resumão fashion do Golden Globes 2015! E que venham as outras premiações!


Gostou do post? Compartilhe com suas amigas e ajude a espalhar o EA por aí!

INSTAGRAM // TWITTER // FACEBOOK // TUMBLR



12 de Janeiro de 2015 / Beleza Famosos Moda

APTOPIX Vatican People Angelina Jolie

Vamos começar o WUTW com essa foto da Angie toda maravilhosa encontrando com o papa, afinal, quem pode pode né hahaha Mas, falando sério agora, mais uma semana se passou! Já estamos na segunda de 2015, meu Deus! E, claro, trouxe as melhores roupas, acessórios e makes que rolaram essa semana!

 

Anne Hathaway arriving at Jimmy Kimmel

Primeiro a Anne, com esse cabelo gracinha, make linda e sapato maravilhoso!

Ashlee Simpson

Ashlee Simpson, a grávida que mais sai pra passear nesse mundo hahah (por dia, eu a vejo de 3 a quatro vezes nos sites), com esse chapéu floppy e esse sapato que estou apaixonada!

Ashley Tisdale Doesn't Get the Rocker Look Down Fully

Ashley Tisdale com essa jaqueta de couro bem simples e o coturno preto de cano alto

Cara Delevingne

A Cara, que fica linda até com baixa resolução, com essa jaqueta maravilhosa, quero saber a loja já hahah

Cara Delevingne1

E novamente, Cara com outra jaqueta, que não sei se usaria, mas achei diferente e a cara dela!

Dakota Johnson

Dakota Johnson com essa saia, que no geral não me agrada esse comprimento nem longo e nem curto, mas que adorei dessa vez! E essa sapatinho super delicado? <3

Emma Kenney e Greer Grammer

Emma Kenney e Greer Grammer, com esses vestidos nas altura dos joelhos muito bonitinhos… O da Emma me agrada mais por conta da cor (azul é a minha favorita), mas o da Greer é uma graça.

Emma Kenney1

Emma de novo, só que com foco na make linda que ela usou!

Emma Roberts at The Oaks Gourmet

Emma Roberts e a bolsa maravilhosa

Emmy Rossum

Emmy Rossum e a make “boca tudo e olho nada”, linda!

gi

A Gi usou esse look e me apaixonei na pegada boho! A blusa é maravilhosa e os acessórios deixaram o look incrível!

72nd Annual Golden Globe Awards Preview Day

A Greer, a make simples/linda e esse rabo de cavalo maravilhoso com topete!

Jennifer Garner and Ben Affleck stop by Starbucks for some coffee **USA ONLY**

Esses dois looks da Jen Garner, no primeiro, foco no casaco super fofo e no segundo, o blazer, que transformou uma produção simples em algo mais sofisticado

Exclusive... Jennifer Lawrence Catches A Flight At LAX

J-Law com esse lencinho no cabelo, que aí tá bem desleixado porque ela estava viajando, mas que (imaginem comigo), num look ia ficar uma graça!

jennifer-lopez-launches-her-bodylab-movement-ahead-of-american-idol-02

Esse look da J-Lo, com saia de fenda e suéter. Adorei o salto!

Kate Beckinsale arrives at Craig's with husband Len Wiseman

Esse penteado com ondas no final do rabo, da Kate Beckinsale

Katherine Waterston

Esse batom maravilhoso da Katherine Waterston!

Kendall Jenner

A Kendall com esse look all black lindo, com uma bolsa que me lembrou a da Jolie de semana passada

A stick-thin Kendall Jenner shows off her stomach after lunch at Nate n Al's

E com esse top cropped de manga comprida

Exclusive... Kendall Jenner Out Shopping For Furniture

E com essa camiseta jeans que tem esse decote na parte de trás, bolsa baú e essa bota linda!

Lucy Hale breezes over to her ‘Late Night With Seth Meyers’ guest appearance

Esse casacão da Lucy Hale!

Olivia Thirlby1

Essa make da Olivia Thirlby que ficaria uma linda pra sair de noite com as amigas

15th Annual AFI Awards - Arrivals

Amanda Crew e Chloe Lloyd com esses vestidos que amei, usaria ambos, inclusive quero, se alguém quiser me dar, estou aceitando hahaha

Reese Witherspoon

A bolsa linda da Reese Witherspoon!

Hailee Steinfeld

Hailee Steinfeld e essa make lindinha, bem simples e leve.

miley cyrus

Miley, que achei que nunca apareceria por aqui graças aos modelitos esquisitíssimos (pra não dizer feios) que ela usa nessa nova fase,  tá aqui e tá linda com essa make natural!

Sofia Richie grabs a coffee from Coffee Bean with newly-dyed purple hair in Los Angeles, CA

Sofia Richie de cabelo azul esverdeado e look all black lindo!

World premiere of 'Blackhat'

Esses vestidos lindos da Tang Wei e Olivia Thirlby!

bruna vieira

A Bru usou essa saia e suéter, achei uma graça!

 

Lena Dunham spotted not wearing an engagement ring, arriving in Midtown, New York City E pra finalizar, a bolsa mais linda da semana, é da Lena Dunham <3

Esse foi o WUTW! Semana que vem tem mais!


Gostou do post? Compartilhe com suas amigas e ajude a espalhar o EA por aí!

INSTAGRAM // TWITTER // FACEBOOK // TUMBLR



28 de julho de 2014 / Moda
Irrompendo as maisons parisienses, a rua, na passagem da década de 60 para 70, torna-se criadora de novos estilos, incentivada por um sentimento, ou melhor, por um movimento de paz e amor livre, que revira as mentes dos jovens da época. Estilos estes, um tanto paradoxais, que pretendem quebrar toda e qualquer convenção pré estabelecida pela moda até então: se a tendência era saia comprida e rodada, chega Mary Quant com os joelhos a mostra, introduzindo a minissaia; se a calça era elegante apenas para os homens, chega Yves Saint Laurent e a introduz em suas coleções de roupas femininas… A antimoda se torna moda. Mas como? Bem, basta lembrar que esse período foi uma temporada de terremotos sociais pesados, movimentos homossexuais, feministas, pacifistas, raciais, anti-capitalistas e vários outros balançavam a época e não seria desta vez que a moda ficaria de fora, não é mesmo? Por isso, ela não se apoia apenas na questão do gosto e da estética, mas também é o reflexo dos conflitos vividos em uma sociedade até então bem conservadora, agindo como um dos principais meios para expandir ideologias e comportamentos tidos como revolucionários.
68391_547182108711186_371506718_n
Se pararmos para pensar, vai ser fácil perceber que, o que as boutiques fazem não é nada além do que materializar o que antes já começava a ser observado na rua. Querem um exemplo? Vamos pegar a minissaia, já citada anteriormente, em que, falando sobre a mesma, Mary Quant diz que nem ela e nem Courréges foram responsáveis pela sua criação, “ela veio das ruas”! Se a própria criadora de uma peça de roupa diz isso sobre a mesma, quem somos nós para contraria-la, não é mesmo darlings? Além da charmosa Mary Quant, o estilista parisiense Emmanuelle Khanh também reconhecia o poder da rua na moda ao dizer, em 1964 que “a alta-costura está morta, o que eu quero é seduzir a mulher da rua”.
par,2
E que assim seja! De londres a São Francisco essa sedução é criada revirando o baú da moda, retomando roupas, usadas antigamente apenas por operários e camponeses: bugigangas, casacos afeganes, fulares indianos, cabelos cacheados, túnicas coloridas e outros inúmeros acessórios encontrados nos mercados das pulgas e não nas tradicionais vitrines.
68391_547182108711186_371506718_n - Copia
Com as aparências desinibidas, é facil deduzir de qual estilo estou falando, não é mesmo?! O estilo hippie! Ele permanece até hoje com  o que chamamos de hippie chic, nada mais do que uma versão atual do poder da flor dos anos 70, podendo ser observado constantemente nas produções da atriz Vanessa Hudgens.
paragrafo2
É seguindo o espírito de paz e amor, que o que não era para ser a moda se torna moda, afinal o modo de vida de uma sociedade não deixa de ser a própria moda e, no caso, uma sociedade que valoriza a etnologia e todas as culturas do mundo, principalmente as primitivas. Junto com essa valorização cultural, dando destaque à música, fica em alta a moda unissex, que é bastante expressiva nas roupas dos cantores Sonny e Cher. Hoje, essa moda unissex pode ser observada na “calça boyfriend”, que surgiu quando, em 2008, a atriz Katie Holmes declarou que estava usando a calça jeans do maridão Tom Cruise, hoje (comemorem meninas!) ex-marido. Quem imaginaria que calças masculinas para mulheres, usadas da forma como katie usou (por mais que não sejam do charmoso Tom Cruise) ficariam tão cheias de estilo e elegantes, não é mesmo?! E essa ideia veio de onde? Das ruas!
68391_547182108711186_371506718_n - Copia - Copia
Dos movimentos contra o racismo e da emancipação dos negros no EUA, surgem grandes influências na moda: os estilistas negros Stephen Burrows e Scott Barrie, o que possui um significado enorme, por causa do preconceito racil, tão forte na sociedade da época, além de estrelas da black music, como James Brown, the Black Panthers, Angela Davis e Diana Ross, cujos figurinos cheios de lantejoulas refletem nos looks de festas atuais, vestidos e saias cada vez mais cheios de paetes, e no vestuário de outro cantor, porem branco, míope e gay… Ninguém menos do que Sir Elton John.
68391_547182108711186_371506718_n - Copia - Copia - Copia
Outros dois estilos que surgiram da vontade de ir de encontro à moda foi o punk e, posteriormente, o grunge. O primeiro também teve um propósito político revolucionário, tendo início nas classes proletariarias britânicas,em que os jovens, revoltados pela crise que atingia suas famílias, não poupavam na agressividade do seu vestuário: T-shirts esfarrapadas, Dr. Martens (marca britânica de sapatos e coturnos), cabelos espetados, piercings e tatoos. Já o segundo é uma mistura do punk com o hippie, tendo o vocalista da banda Nirvana, Kurt Cobain, seu percusor e ganhando popularidade com o sucesso da banda de rock Pearl Jam e da própria banda de Kurt. Jeans velhos e desgastados e camisas xadrez são típicos do grunge (que no seu sentido inicial significa sujeira, imundice), principalmente o xadrez vermelho e preto, o famoso “xadrez tartan”.
68391_547182108711186_371506718_n - Copia - Copia - Copia - Copia - Copia
A moda buscou inspiração nesses estilos, com um ar de “fiquei pronta em 5 minutos”, blusas, jeans, camisas mais largas e despojadas, Dr. Martens, tenis, sapatos com tachinhas e/ou spikes, podem compor uma produção confortável e estilosa. Para quem tem a coragem de ousar mais, combinar uma camisa xadrez com uma calca boyfriend e um scarpain preto, pode ser tão estiloso quanto arriscado, mas da um toque de glamour ao grunge. Com toda a certeza, ser um grande contribuinte para a moda não estava na lista das coisas que Kurt Cobain gostaria de fazer antes de morrer, mas é justamente assim que nascem novos estilos, da música, da sociedade, das ruas.
68391_547182108711186_371506718_n - Copia - Copia - Copia - Copia
A antimoda, nos dias de hoje, ainda tem essa visão libertária, radical, com força bastante para permitir qualquer criador sofrer as influências da rua e dos conflitos sociais presentes ao seu redor. Um tanto confuso para ser entendida, um pouco devido ao conceito errôneo que muitas pessoas possuem de moda, como sendo algo fútil e superficial, ela alcançou seu ápice na década de 70, período em que uma boutique na 430 Kings Road, em Londres, fez grande sucesso com modelos punks, que mudava de nome e faixada a cada nova coleção que o casal Malcom McLaren e Vivienne Westwood, donos da loja, criavam (Hung On You, Mr. Freedom, Paradise Garage, Let It Rock, Too Fast To Live Too Young To Die, Sex, World´s End).
68391_547182108711186_371506718_n - Copia - Copia - Copia - Copia - Copia - Copia
Após o término do relacionamento, apenas Vivienne ficou com a loja, enquanto o ex passou a investir na sua música, permanecendo até hoje com o nome de World´s End… E não é com o “fim do mundo” que o punk e a antimoda têm um pouco a ver?! Caso tenham a oportunidade de viajar para a fascinante Londres, caros leitores, não percam a oportunidade de visitar essa histórica boutique britânica e lembrem-se: antimoda, darling, é moda!
liza


28 de junho de 2014 / Moda

1

Uma população rejuvenescida, o disparo da economia, o otimismo com o fim da terrível segunda guerra mundial, além das marcantes transformações sociais… É, senhoras e senhores, se nos anos 50 a descoberta do poder do secador e dos bobs de cabelo, para deixar as madeixas e os penteados impecáveis, eram o símbolo da moda feminina, os anos 60 são marcados pela quebra dessa perfeição de uma tendência única, da libertação dessa rigidez nada prática, da implantação da arte na vida, do belo no útil e no útil para todos. Mais do que isso, novas tentações surgem com uma cultura de massa, produzida principalmente, é claro, pelos televisores, que usavam das imagens dos ícones femininos e das queridinhas do cinema, da moda e da música, da época. Além disso, a parte principal no meio de tanta mudança: a juventude ganha vida e espaço na sociedade. É isso mesmo, os filhos do baby boom deixam de ser uma “minicopia” dos pais, ganham um estilo próprio e isso é o bastante para criar uma imagem extravagante, o estereotipo desse novo grupo.

Você deve estar se perguntando: e qual é a relação dessas mudanças com a moda e o pop? Well, a inspiração da pop art na moda é o principal exemplo de que “o pop não poupa ninguém”. Com uma tendência e varias proposições, ela é produzida em série, marcada pelo poder de compra dos jovens e de suas novas características, pela presença de desenhos e estampas simplificadas, com cores saturadas, sexy, inovadora, exuberante e cheia de glamour… O crescimento econômico e tecnológico embelezou os anos 60, daí em diante a felicidade se tornou acessível. Afinal, beleza, estilo de vida e receitas de cupcake não são os típicos assuntos das queridinhas da década de 60?! Sendo assim, todas as mulheres poderão seguir os seus conselhos, tornando-se uma repetição em série de suas ídolas.

3.1

Além das estrelas com seus novos comportamentos femininos (e ligeiramente feministas), a mídia também elege o “pequeno príncipe da costura”, adivinhem quem? Yves Saint Laurent, o próprio! A sua moda permanece, sem ficar ultrapassada, da mesma forma que a de Chanel, a qual sua herança é trabalhada por Yves, mas sem perder os traços do seu mestre Dior. Esse paradoxo, acrecentado de uma pitada de juventude e de um desejo das mulheres pelos novos modelos ready-to-wear (pronto-para-vestir), fazem com que Yves marque a sua época e todas as outras posteriores a ele. Típico do pop, a sigla YSL se adapta a todos os clientes e a todos os contextos e, típico de Yves, sua paixão pela arte é a sua maior inspiração para a criação dos seus mais famosos modelos.

3

Essas fotos são da sua coleção pop art, outono/inverno 1966-1967, fotografadas por Jean-Claud Sauer. Em julho de 1966, a YSL lançou modelos inspirados em artistas, Niki de Saint Phalle, Tom Wesselmann e Andy Warhol.

7

Apesar do grande destaque ao nosso “príncipe da costura”, a pop art ainda é uma influência muito forte em coleções de estilistas atuais, como é o caso de Castelbajac. Este estilista, nascido em 1951 (ainda na ativa com toda sua criatividade), também aposta em modelos inspirados nas obras de Andy Warhol. Não há quem não conheça o quadro com as várias faces coloridas da bajuladíssima estrela Marylin Monroe e, justamente por essa sua POPularização, não apenas Castelbajac, mas muitos outros estilistas, como Hannah Hoyle, se apropriaram dessa obra em suas criações, ou melhor, recriações:

4

Hoje, as “queridinhas”, um tanto quanto diferente daquelas dos anos 60, ainda são o exemplo máximo do pop. As roupas coloridas da rapper M.I.A, um dos figurinos usado por Lady Gaga no clipe do sucesso “Telephone”, os modelos “pin-ups” de Katy Perry, são as mais expressivas correntes do pop nos estilos alheios e no tapete vermelho das criações de Castelbajac.

5

6

E nas passarelas, sua mente artística chega no topo;

18 - Copia

Uma característica típica do pop é o efeito kitsh (quando copiamos referências da cultura erudita sem critério, para prolongar o prazer estético gerado por ela), e mais uma vez, Castelbajac usou desse efeito muito bem nas suas roupas;

21 - Copia

Acham que acabou por aí?!

O pontilhismo pop de Lichtenstein marcou presença nos modelos da Miu Miu;

22

Cores saturadas foram o que não faltaram na coleção de verão 2011 de Alexandre Herchcovitch;

23

E novamemte, temos Lichtestein inspirando o estilista Lee Rudd Simpson;

24

Por fim, o mais interessante de todos: um vestido inspirado na obra pop das sopas campbell’s de Andy Warhol, feito de 80% celulose e 20% algodão, não pode ser lavado e é hoje item de colecionador. Um máximo e super pop, não acham?!

25

Sem dúvidas alguma, todas essas mudanças e reviravoltas ocorridas na cultura, na moda e no cotidiano na década de 60, fizeram deste um dos períodos mais decisivos de um século de moda. As idas e vindas das tendências, nos permitiram reviver esse efeito POP, que por fazer parte de toda uma cultura que se aproxima da massa, envolvendo o seu cotidiano, nunca esteve completamente ausente da nossa realidade. Tudo isso retrata o comportamento de uma sociedade, mostra os valores da massa.

Tudo isso darling, é moda.

liza



17 de junho de 2014 / Moda

moda-e-arte-yves-saint-laurent-1988-van-gogh

Diferente do que muitos pensam, a moda está longe de ser apenas a aparência de um mundo materialista. Moda e movimento. Moda e cultura. Moda e contracultura. Moda e arte. Moda e estilo de vida. Moda e todas essa palavras são indissociáveis, possuem uma interligação e uma correlação extremamente forte e é desse ponto de vista que a moda deve ser contemplada.

Ela é como um calendário grego, uma olimpíada, um ciclo no qual, em seus diferentes períodos, tendências aparecem, desaparecem, reaparecem, são momentos em que ocorrem os movimentos da moda.

moda-e-arte-yves-saint-laurent-1988-monet-e-bonnard

 

 

Esses movimentos que são relacionados não apenas ao momento histórico, pois assim como todas as manifestações artísticas, ela retrata o modo de ser e viver da época, mas que também ultrapassa esses limites do tempo, pois o fim de um estilo, de uma moda, nunca é definitiva, está sempre lá no fundinho do armário, esperando para ser revisitada e transposta para as ruas. Afinal, quem nunca se encantou com um estilo retrô? (que por sinal voltou com tudo no último ano).

fashion_265_dolce1

Sendo assim, todos aqueles que marcaram as épocas, príncipes e suas cortes, ou aqueles fora da nobreza, como os dândis (uma pessoa de alta intelectualidade, que também se preocupa com a aparência), artistas, estetas, se serviram e prestaram serviços à moda, deixando marcado o estilo de vida de cada época e influenciando nos estilos atuais, nos estilos alheios.

 

Caminhando juntas, moda e arte podem passar despercebidas por muitos, mas essa paixão que os estilistas têm pela arte os leva a desenhar as mais fabulosas roupas e acessórios e trabalhar com donos de galerias, unindo de mais uma forma as duas coisas que, acredito que não só para mim, são as maiores desencadeadoras de sentimentos, emoção e encantamento.

photo

 

 

Pinturas de artistas como Monet, Braque, Van Gogh, Poliakoff, Picasso sempre estiverem expressas nos modelos de Yves Saint Laurent (acredito que um dos mais apaixonados pela arte), mosaicos bizantinos já foram fonte de inspiração para a coleção de inverno 2013 de Dolce & Gabbana, inclusive pinturas abstratas foram influencia na composição de um vestido, que eu particularmente adoro (foto acima), lindo e livre de excessos da marca italiana Bottega Veneta (que na verdade é mais conhecida pelas suas bolsas, cintos e sapatos luxuosos de couro) e outro dessa mesma marca, também lindo e sem excessos, com cores de couro neutras, que sob a perspectiva do construtivismo, deseja levar energia e segurança para as mulheres.

12816887835_7223898dea_o

 

Quando a marca Dior comemorou os seus 60 anos, John Galliano fez uma coleção inspirada nas suas obras de arte favoritas e eu pergunto, principalmente para os amantes da arte, quer um desfile com um contexto mais lindo? Pinceladas impressionistas já estiveram presentes nas criações de Kriemler para a coleção da marca Akris em 2009 e, um dos meus preferidos, que foi uma coleção de Etro enriquecida pela presença da essência de Gustav Klimt (um pintor que se destacou na art nouveau) nos seus trajes.

moda-e-arte-john-gallriano-para-dior-2007-white-center-de-mark-rothko-1950

 

 

Mais do que você imaginava não?! Além desses citados, muitos outros artistas se apropriaram e ainda apropriam de pinturas, fotografias, afrescos e esculturas em suas obras, mas alguns deles se encaixam melhor em outra vertente da arte e da moda, que será o nosso assunto da semana que vem: a moda pop.

moda-e-arte-yves-saint-laurent-e-picasso-arlequim moda-e-arte-yves-saint-laurent-1965-serge-poliakoff-composicao-abstrata-de-1960-composicao-cerde-azul-e-vermelha-1965

Depois de todas essas referencias dos considerados protagonistas do vestuário, passei a reparar mais nas relações que a moda faz com a arte, principalmente, e com todos os outros aspectos cotidianos, como cinema, movimentos contraculturais, na música… e agora não os vejo mais separados. Experimente usar um “vestido impressionista” (florido em um dia de sol e fresco) ou um mais para o lado do expressionismo abstrato (para um estilo mais fashion, diferente e, de certa forma elaborado).

12821503094_af39946dce_b

moda-e-arte-albert-kriemler-para-akris-2009-monet

Contudo, é preciso tomar cuidado para não “cair no ridículo” e no oposto do que seria essa combinação, que já é quase natural, entre arte e moda, e para que isso não ocorra, siga a sua personalidadee e estilo, o seu modo de viver através do que você se veste. Isso reflete na sua vida e no seu cotidiano. Tudo isso é uma reflexão de quem você é. Tudo isso, darling, é moda!

liza



2 de novembro de 2013 / Look do dia Moda
SPFW aconteceu essa semana e hoje, selecionei os looks que mais gostei para vocês! Comentem os que mais gostarem e o que mudariam nos que não gostaram!


E ai, aprovaram? Comentem!



4 de setembro de 2013 / Famosos Moda

Ontem (03/09) aconteceu o prêmio Multishow! Confira os looks das famosas:


E aí, qual foram os looks preferidos de vocês?