5 de março de 2012 / Textos



Queria saber o que se passa na cabeça de cada um,não entendo o motivo , mas, ouvir os seus problemas me fariam entender um pouco mais do mundo em que vivemos,saberia entender a opinião de outra pessoa que nem se quer conheço.Me faria bem tentar ajudá-lo;mas hoje em dia , a confiança é uma virtude, uma coisa rara,as pessoas não confiam e nem devem confiar uma nas outras.Vejo muitas pessoas que imaginam uma barreira entre os problemas e a realidade , se isolam e se trancam em um mundinho que não falar com ninguém é o certo a se fazer ,mas um sorriso esconde várias lágrimas,eu posso estar sorrindo aqui ,mas por dentro não me agüento de tanta dor.




22 de fevereiro de 2012 / Textos

Eram 2:35 da madrugada de um domingo qualquer,chovia muito lá fora e o clima não a ajudava muito,fora um dia muito difícil,mas como sempre,lá estava ela,deitada mais uma vez em sua cama,com os olhos cheios de água,angustiada, sentia medo de chorar mais uma vez pelo mesmo motivo.Completamente frágil e sozinha,pegou um de seus cadernos em sua estante e começou a escrever,lágrimas caiam sobre o papel,mas não a impedia de descrever como estava se sentindo.

” Sabe o que eu queria agora? que você sentisse 1/3 da dor que eu senti,porque sei que não aguentaria um segundo se quer do que eu suportei mais uma vez.Sabe,estava confusa e você sabe bem o porque,tudo aconteceu de maneira tão rápida que eu não pude acompanhar com toda a atenção, declarações e sentimentos jogados fora de uma maneira tão hipócrita,suas palavras não valeram nada para mim , porque no fundo eu já sabia o que aconteceria,não quero lembrar das suas palavras e nem do teu cheiro , quero esquecer exatamente tudo o que aconteceu.Porra , foda-se não sei nem o que eu estou fazendo,pensando bem,não quero esquecer porcaria nenhuma,quero me lembrar de tudo o que aconteceu e mais uma vez erguer a minha cabeça e seguir em frente com a minha vida fútil e vazia ,sem você para preencher qualquer espaço que teria guardado em mim.São apenas fases, e esses tombos me fortalecem cada vez mais e me preparam para a vida.”

A garota enxugava as lágrimas que ainda rolavam sobre seu rosto,e abria um sorriso magnifico,começava a rir sozinha de suas bobeiras do passado e então percebeu o quanto estava sendo tola. Se tiveres motivos para chorar,pense bem,a vida é bela , sorria!


18 de dezembro de 2011 / Textos



Ei pequena, não chora. Quando os céus se abrirem é porque Deus esta sorrindo para você. Quando os mares ficarem calmos é porque Deus esta segurando sua mão. E quando as nuvens resolverem fazer chuva, é porque você não é a única que esta chorando. Alivia essa sua dor, pequena, alivia. Ser diferente não quer dizer que você seja menos importante. Deus fez você especial, e você nunca estará sozinha.




11 de dezembro de 2011 / Textos



A cada dia eu tento consertar o que fiz de errado. Tento esquecer coisas que eu nunca gostaria de ter escutado. Tentei medir tempo com a distancia. Tentei calcular os erros da vida, sem perceber que na verdade somos nós que erramos. Tentei me manter forte com os dias. tentei confortar esse vazio maldito dentro de mim. Tentei sorrir por um nada. Tentei deixar de amar sem ser amada. Tentei parar de confundir gostar de amar. Mas no fim, as duas fazem o mesmo estrago naquilo que se chama coração. Boa sorte, sentimento!




7 de dezembro de 2011 / Textos

Todo fim de ano é a mesma coisa. Aquele sentimento de recomeço brota nas pessoas, todos querem ter um ano novo melhor. Todos fazem promessas de que vão ser pessoas melhores, que vão estudar mais, vão reclamar menos… Talvez minha promessa desse ano seja: Tentar cumprir as promessas de ano novo. Minha vida está realmente uma bagunça: na escola, na família, com os amigos… Não dá para continuar assim! Aposto que eu não sou a única com esse problema não é?  Acho que para melhorar essa situação basta força de vontade, paciência e esforço. Muuuuuito esforço.

No quesito estudantil meu problema é a preguiça… O problema de todo mundo é a preguiça não é? Eu gosto de estudar! Não eu não tenho nenhum problema e também não estou louca. Eu gosto de sentar pegar um livro e aprender. É super gratificante quando você fecha o livro e tem a consciência de que aprendeu o que estava lendo. Estudar para a prova não basta, mas quem quer estudar quando se pode ver um bom filme, ler um bom livro, sair com as amigas ou mexer no computador? Então essa vai ser minha promessa de ano novo número dois “não tenha preguiça de estudar”, já que a primeira é “cumprir as promessas de ano novo”.

Depois vem a família. Essa é um pouco mais complicada. Tenho brigado muito com minha família, não porque eu goste, sabe como é… Às vezes um não aceita a opinião do outro. Acho que nesse caso o problema é a paciência. Ou melhor, a falta dela. E também a humildade. O que é na verdade o mais complicado já que é muito difícil aceitar que a gente está errada. Mas nada que não possa ser trabalhado na nossa mente, certo? Então esse é o meu desejo número três: Ser mais paciente e humilde.

E por último os amigos… A solução é simples: Tenho que me afastar de algumas pessoas. Algumas pessoas que eu considero amigas atualmente só falam comigo por puro interesse. Preciso me afastar delas. O problema mesmo é colocar em prática… Eu me formei esse ano, então é como se a porta do desapego estivesse completamente aberta para mim. Vou tentar esquecer aqueles que não me trazem nada de bom e me afastar daqueles que não confio. Mas como dizem por aí… Não adianta corrigir o fim, se o problema está lá no começo. Então a promessa a ser feita é: Pensar bem antes de me aproximar das pessoas.

Então minha lista de promessas de fim de ano ficou assim:
  1. Cumprir as promessas de ano novo
  2. Não tenha preguiça de estudar
  3. Ser mais paciente e humilde
  4. Pensar bem antes de me aproximar das pessoas

Acho que se eu seguir todas essas promessas o meu ano vai se tornar muito melhor. Um ano mais calmo, organizado e feliz. E você, quais serão suas promessas de ano novo?


12 de outubro de 2011 / Textos

Crianças… As crianças são as criaturas mais puras que existem. Isso foi o próprio Jesus que disse. Elas dizem o que pensam, quando querem e se quiserem. Elas são felizes com o simples e esquecem a tristeza rapidamente.

Folhas secas no chão, uma poça de água, um pouco de lama… Essas pequenas coisas geram um dia de brincadeiras maravilhoso.

Por isso, nós que -infelizmente-  crescemos temos que tomar essas criaturinhas tão lindas como exemplo. Aprendermos a deixar para lá algumas mágoas e aproveitar os simples momentos da vida, porque são eles que trazem as melhores lembranças.


30 de setembro de 2011 / Textos



Eu não quero mais sofrer assim, eu nunca amei uma pessoa assim, é tão forte a dor que eu sinto… Pra mim você não tem defeitos, você é perfeito pra mim. Faz muito tempo que eu não te vejo, então, eu fecho meus olhos e vejo e vejo você. Sorrio, abro o olho, e vejo que você não tá aqui. Que dor! Lembro do seu jeito de falar, e a saudade toma totalmente o meu corpo, e vai me machucando. Eu preciso muito de você, preciso de você ao meu lado. Não aguento mais sofrer, e chorar todas as noites. Agora eu sei o significado da palavra amor. E o pior, eu sei MUITO bem qual é o significado da palavra saudade. E você não sabe o quanto isso me dói. Cada palavra, cada lágrima, me dói, mas são verdadeiras e especiais pra mim. Todas as músicas me lembram você, e tudo agora me faz chorar. A saudade já tá me sufocando… eu não sei o quê fazer. Eu tento sonhar alto e pensar você do meu lado, mas não dá! Eu acho que seria impossível nós dois juntos. Eu tento parar meu coração de doer, mas parece que ele tá no comando, parece que ele gosta de me ver sofrer. Me dá uma raiva de mim mesma, por não conseguir controlar essa dor. Não consigo te esquecer, e o pior disso tudo é que: eu não consigo, eu não posso, eu não quero. Eu queria voltar no tempo, e aproveitar o tempo que eu tinha contigo. O que eu posso fazer pra te ter? Sentar, e chorar? Não adianta! Só aumenta a dor! O que eu mais queria agora era te ver. Só isso. Só que ninguém me entende. Só Deus .




5 de setembro de 2011 / Textos



Não gosto de ficar sozinha, mas também não gosto de ficar perto de gente demais. Detesto engordar, mas adoro comer carboidratos. Compro roupas mas mesmo assim não tenho nada pra vestir. Não gosto de falsidade, mas sou falsa quando necessário. Odeio ser chamada de nerd, mas também não gosto de ser chamada de burra. Gosto de chamar atenção, mas não gosto de ser o centro das atenções. Eu sei… eu sou estranha, mas ainda vou achar alguém que me decifre.