1 de Maio de 2011 / Beleza

 

 

Para ter cabelos saudáveis você não deve apenas confiar nos produtos de beleza. Uma boa alimentação é essencial. Para isso, é preciso ingerir principalmente alimentos fontes de vitaminas e minerais como as vitaminas  e zinco, que combatem a queda de cabelo.


Confira a lista dos alimentos que ajudam a tratar o problema:
– Ferro: Importante na produção de glóbulos vermelhos, responsáveis pela circulação de oxigênio no sangue. Sua falta causa desânimo, queda de cabelo e fraqueza. Ex: amêndoa, canela, carnes vermelhas em geral, castanha de caju, feijão preto, fígado, ovos, rúcula, soja.
– Vitaminas: São substâncias capazes de nutrir profundamente o fio, potencializar o crescimento e combater a ação dos radicais livres, responsáveis pela perda do viço e por deixar o cabelo fraco, propenso à quedas. Exemplos:
Vitamina A e carotenóides (fígado, ovos, leite integral e derivados, manteiga, algas, frutas e vegetais amarelos, laranjas e verde-escuros, como batata-doce, espinafre, brócolis, abóbora, pêssego, damasco, manga, melão, papaia, cenoura, couve, salsa, cebolinha e espinafre.
Pró-vitamina B5 (miúdos, gema de ovo, levedo de cerveja, leguminosas, salmão, grãos integrais, germe de trigo). Vitamina E ( azeite, ovos, germe de trigo, miúdos, vegetais folhosos, abacate, manteiga). Vitamina F (óleos vegetais, sementes oleaginosas, semente de linhaça, peixes gordos, como salmão, cavala, atum e sardinha).
Vitamina H (gema de ovo, fígado, arroz integral, levedo de cerveja, leguminosas, sardinhas, grãos integrais). fitoativos Ricos em ácido oléico, linoléico e fonte protéica. Emolientes, restauram a emulsão protetora do fio, garantindo sua penteabilidade e a homogeneidade.
– Fitoativos: ricos em ácido oléico, linoléico e fonte protéica. Emolientes, restauram a emulsão protetora do fio, garantindo sua penteabilidade e a homogeneidade. Fontes de flavonóides, carotenóides, ácidos graxos essenciais, minerais e vitaminas, posuem ação antioxidante, nutritiva e regeneradora dos cabelos. Ex: óleo de pêssego, óleo de amêndoas, extrato de oliva, extrato de grapefruit; extrato de folha de uva.
– Sódio:  ajuda no equilíbrio da água no fio de cabelo. Ex: frutos do mar, sal, shoyo, aipo, tomate, alimentos processados.
 
– Zinco: fundamental para a síntese de proteínas (lembre-se de que o fio de cabelo é formado 98% por proteínas). Ex: frutos do mar, ostras, sementes oleaginosas (de abóbora e girassol), carne, miúdos, peru, cogumelos, ovos, germe de trigo, levedo de cerveja.
– Cálcio:  sua carência no organismo resulta em cabelos frágilizados e quebradiços. Contribui para o metabolismo do ferro e vitaminas vitais no crescimento e formação das proteínas dos fios. Ex: leite e derivados, vegetais verde-escuros, melado de cana, algas , quiabo.


25 de Abril de 2011 / Beleza

Muitas mulheres tem medo de cortar o cabelo curtinho, porque há um mito antigo que diz que “cabelo curto engorda”. Não acredite nisso, nenhum corte tem poder para engordar ou emagrecer. 

O que acontece que as mulheres tem a mania de esconder os “defeitos” com um cabelo longo. Usando-o como um véu.  Na verdade, um cabelo longo mal cortado pode ser inclusive um vilão para quem não está feliz com o próprio peso, ele faz com que a imagem da pessoa pareça maior aos olhos de quem vê.
O cabelo curto além de não engordar pode deixar o semblante mais leve. O único cuidado realmente necessário é entender a mensagem que ele transmite. Inevitavelmente, uma mulher com cabelo curto aparenta ter personalidade forte, passa uma imagem de alguém que é autêntica, tem opinião. Se essa for a mensagem que você pretende transmitir para o mundo então procure um bom profissional  e descubra qual tipo de cabelo curto combina com você.
Mas se você tem um cabelo longo e se sente feliz com ele não tem problema, só tem que tomar cuidado e manter um bom corte.


25 de Abril de 2011 / Beleza

Sabia que a cor do esmalte que você escolhe pode dizer sobre o seus estado de espírito? Existem estudos que dizem que a cor pode representar seu humor, seus sentimentos e sua personalidade.
Diante disso, a escolha da cor do esmalte pode, mesmo que não cientificamente, estar relacionada a uma manifestação da personalidade. A escolha do esmalte pode estar baseada nas condições circunstanciais de sua vida. Determinada cor pode dar indícios sobre caráter e até mesmo de temperamento.

 
Segundo a psicóloga Eide de Oliveira Davalos, cada cor tem um significado especial. Confira na tabela abaixo os significados atribuídos a cada tonalidade:
Esmaltes Vermelhos : Representam motivação, entusiasmo, iniciativa, espírito de pioneirismo e disposição para agir.
Esmaltes Laranjas :Criatividade e alegria, confiança, coragem e atitude positiva frente à vida são representadas por estes tons.
Esmaltes Azuis e verdes : Indicam inteligência, eficiência, tranqüilidade, comunicação, estabilidade, mas causam sensação de frieza e mistério.
Esmaltes Rosas e lilases :Pessoas com respeito próprio, dignidade, pessoas altamente criativas e inovadoras.
Esmaltes Cinzas e pretos :Revelam medo e depressão, reduzem as emoções, mas também transmitem estabilidade e sucesso.


16 de Abril de 2011 / Beleza

Todo mundo já usou “francesinha” na unha. Mas nessa temporada ela está sendo substituída pela “Inglesinha”. Ela segue a mesma ideia da francesinha, mas ao invés de ser branca e com a  superfície neutra de tons como Renda ela é toda colorida, misturando várias tonalidades. 

A ideia no começo era apenas escurecer a tonalidade da ponta da unhas e a superfície continuar neutra. Mas ao longo do tempo, as mulheres foram brincando com as cores: Combinações como amarelo e rosa, preto e verde, azul e verde, branco e preto foram se tornando comuns. E a moda foi se espalhando pelo mundo e chegou finalmente ao Brasil. 

Para o inverno 2011, aposte em acabamentos perolados e em esmaltes metalizados para fazer, sobretudo, as linhas mais finas das pontas; o dourado e os azuis metálicos são algumas das principais apostas para a temporada. Abaixo um vídeo para aprender a fazer a inglesinha:

 



25 de Março de 2011 / Beleza Dicas

Nós sabemos o quanto um acessório pequeno, como uma bolsa ou colar, pode acabar com o seu look. Então quem usa óculos precisa ficar super atenta a armação. Veja algumas dicas na hora de comprar:


O que você mais deve olhar, diferente do que todos pensam, não é o formato do rosto, mas sim o nariz. Isso mesmo! Sabe porque? O nariz é o centro do rosto, o que chama mais a atenção. Se você, por exemplo, tem o nariz pequeno não deve comprar uma armação com a ponte(aquela parte que liga as duas lentes) muito baixa. Irá deixar seu rosto muito achatado.
Outro fator importante que sempre deve se levar em conta é a sobrancelha. A armação não deve ficar no mesmo nível, isto é, a armação não pode tampa-la. Tente escolher um modelo que acompanhe o desenho da sua sobrancelha.
E é claro que a cor da pele conta não é mesmo? Se você tem a pele clara e quer algo mais discreto não deve escolher modelos coloridos. O que não quer dizer que uma pessoa mais clara não possa escolher óculos coloridos, mas isso vai chamar muita atenção.