1 de Março de 2012 / Famosos Outros TV e Cinema

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas  de Hollywood entrega anualmente o maior prêmio da indústria do cinema de Hollywood, o Oscar. O Oscar 2012, aconteceu no último domingo, no dia 26 de fevereiro.

A Invenção de Hugo Cabret liderava com 11 indicações, mas ficou apenas com as que concorria nas categorias técnicas. O grande vencedor da noite foi mesmo O Artista, presente em dez categorias, que levou as principais estatuetas, Melhor Filme, Direção e Ator, somando também cinco prêmios.


A Invenção de Hugo Cabret é um filme de aventura e mistério, baseado no livro homônio, sobre um garoto que vive solitário em Paris em uma estação, tentando descobrir um enigmático mistério. O filme é dirigido por Martin Scorsese, com o roteiro de John Logan. É co-produzido por Graham King’s GK Films e Johnny Depp. O filme é estrelado por Asa Butterfield, Chloe Moretz e Jude Law. 
É por seu valor pedagógico que Hugo Cabret se destaca, (aí está para mim a grande sacada do filme) com Scorsese usando o 3D para potencializar o efeito dos truques de Méliès no ótimo flashback que relembra o processo do mestre (como a ilusão do tanque de lagostas). Quando faz essa ponte entre o primordial (o cinema de proscênio, teatro filmado) e o novidadeiro (o 3D retrabalhando a sobreposição de camadas), o filme de Scorsese beira a epifania, a revelação.


The Artist é um filme mudo com produção francesa e americanade 2011, do gênero Comédia romântica e Drama, e que conta a história de um ator em declínio e uma atriz em ascensão enquanto o cinema mudo sai de moda, sendo substituído pelo cinema falado e se passa em Hollywood entre os anos 1927 e 1932. O filme foi dirigido por Michel Hazanavicius, com um elenco composto por Jean Dujardin, Bérénice Bejo, James Cromwell, Missi Pyle, Penelope Ann Miller e John Goodman. 
Por mais simpático que seja, O Artista também não deixa de ser um filme calculadinho, tanto no que tem de moderno (o texto cheio de jogos de palavras com “falar” e a tentação constante de cair para a metalinguagem, na incapacidade de Valentin de ouvir as pessoas) quanto de perfeccionismo estético-histórico (a iluminação chama atenção porque o filme foi rodado em cores e depois vertido para preto-e-branco digitalmente, o que permite maior controle de contrastes.


Mesmo ganhando apenas 2 estatuetas, a de Melhor Edição e Melhor Edição de Som, The Girl with the Dragon Tattoo (Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres- título no Brasil, um filme de 2011 co-produzido entre os Estados Unidos, Suécia, Reino Unido e Alemanha, dirigido por David Fincher, escrito por Steven Zaillian e estrelado por Daniel Craig como Mikael Blomkvist e Rooney Mara como Lisbeth Salander, é com absoluta certeza um dos melhores filmes que já vi. 
O filme é baseado no romance sueco Män som hatar kvinnor, de Stieg Larsson, que por sinal pra quem gosta de leituras, recomendo MUITO a trilogia. Já vou dizendo que o filme (tanto quanto o livro) são fortes, tensos e difíceis de se encarar por alguns, por isso há tantas divergências de opinião sobre eles. É bem do tipo: Ou você ama ou odeia. Mas, tirando as divergências de lado, uma coisa é certa: Rooney Mara está impecável, brilhante, no papel de Lisbeth Salander, tanto que foi indicada ao prêmio de melhor atriz pelo papel.


Os outros indicados ao prêmio de Melhor Filme também são filmes ótimos e merecem destaque. Se tiverem tempo, vale a pena investir pelo menos em algum deles. Da esquerda da direita: Meia-Noite em Paris (com o roteiro maravilhoso do mestre Woody Allen), Cavalo de Guerra, Histórias Cruzadas, Os Descendentes, A Árvore da Vida, O Homem que Mudou o Jogo e Tão Forte e Tão Perto.


Os prêmios mais cobiçados da noite depois do de Melhor Filme, são os de Melho Ator e Melhor Atriz. 
Jean Dujardin ganhou o prêmio pelo filme O Artista e foi recebido com festa na França. Sem muito esforço dá pra saber quem ganhou o prêmio de Melhor atriz né? Meryl Streep em A Dama de Ferro.


Agora vamos ao tapete vermelho hehe 🙂
Os Looks mais clarinhos:


Sandra Bullock, Gwyneth Paltrow, Jennifer Lopez, Kate Mara e Wendi McLendon


Cameron Diaz, Mila Jovovich, Shailene Woodley, Roney Mara e Penelope Ann Miller


Os Looks Escuros e Metálicos:


Anna Faris, Angelina Jolie, Rose Byrne, Tina Fey e Jessica Chastein

Looks Coloridos:


Penelope Cruz, Natalie Portman, Missi Pyle, Maya Rudolph e Michele Williams


Outras celebridades também foram prestigiar a festa:


Miley Cyrus, Lily Collins, Diane Kruger, Katy Perry, Nina Dobrev e Elizabeth 


E ai, o que acharam da premiação? Dos ganhadores? Dos Looks? Contem pra gente 🙂


Bruna Alecrim

2 Comments

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *